domingo, 19 de outubro de 2014

Livros ou Travessuras?

Estou participando do Projeto Blogagem Literária Coletivapromovido pelos Blogs Chá & Livros, Os Literatos e Diário de uma Livromaníaca, que trazem a cada semana um tema novo pra inspirar nossas postagens. Diga-se de passagem que estou surpresa com a criatividade do pessoal e muito animada com o projeto! Como estamos no mês das bruxas, escolhi pra responder essa TAG, que já é temática, livros que de alguma forma também remetem ao Halloween:

Fotos: Reprodução


1°. Livro Drácula: Os vampiros são caracterizados por sugar o sangue alheio, cite aquele livro que sugou todas as suas forças, deixando você sem ar.

Não é uma história sobre vampiros, mesmo assim, O Morro dos Ventos Uivantes sugou todas as minhas forças em dois sentidos: primeiro porque a forma como foi escrito é um pouco cansativa, não é aquela leitura que flui com facilidade, você custa a passar pelas páginas; segundo porque o enredo em si é denso, pesado, sombrio. Me interessei por esse livro por ser o favorito do casal Edward e Bella, de Crepúsculo, mas não foi exatamente o tipo de leitura que eu estava esperando, é outro nível. De qualquer maneira, é um clássico, valeu a pena a ter lido.

2°. Livro Fantasma: É de consenso geral que os fantasmas existem nas histórias de terror para assustar e assombrar a todos. Comente sobre aquele livro que te assombrou durante muito tempo.

Os Sete, esse sim é um livro sobre vampiros, e que livro. Não aquele tipo de livro sobre vampiros que na verdade é um romance água-com-açúcar, tipo Crepúsculo. Dá medo mesmo. Os vampiros são cruéis e querem ver sangue, como tem que ser. André Vianco é um dos autores nacionais dos dias de hoje que merecem destaque. 

3°. Livro Lobisomem: Tal qual a licantropia que passa de mordida por mordida, cite um livro que você gostou tanto que indicou a várias pessoas.

O Livro dos Espíritos não é terror, embora a ideia de espíritos entre nós possa causar arrepios em algumas pessoas. Na verdade é um dos livros básicos da Doutrina Espírita. Um bom livro pra curiosos, como eu. É feito de perguntas e respostas sobre os principais temas que afligem a humanidade, em que as perguntas feitas pelos médiuns são respondidas por espíritos, o que foi posteriormente reunido nessa obra por Allan Kardec. Eu sempre indico esse livro, que foi um divisor de águas na minha vida. A descoberta do Espiritismo trouxe consigo um mundo completamente novo pra mim. Não tenho uma religião, sou espiritualista. E simpatizante com o Espiritismo, que muito me encanta. Sou a favor de buscar conhecer e entender ao máximo a diversidade religiosa que temos pelo mundo afora, e só então escolher uma crença, ou não! Esse livro é antigo e tem muitas edições, por isso escolhi a primeira capa.

4°. Livro Bruxa: Bruxas são famosas por jogarem feitiços e maldições nas pessoas. Portanto, conte-nos qual livro que te enfeitiçou, pode ser tanto de forma positiva quanto negativa.

Não poderia escolher outro senão Harry Potter,  que me enfeitiçou completamente e de forma positiva, sem dúvidas! O que falar sobre essa série? É a minha série preferida de todos os tempos. Harry Potter e a Pedra Filosofal foi meu livro start, minha mãe comprou e me forçou um pouco a ler no começo, mas não demorou muito pra eu criar o amor pela leitura. Passei boa parte da infância/adolescência esperando ano após ano pelo lançamento dos próximos livros e filmes, foi realmente uma época mágica. Nem sei o que dizer, eu só queria ter recebido a minha carta de Hogwarts quando fiz 11 anos. 

5°. Livro Frankenstein: Infelizmente, o Frankenstein é aquele personagem o qual as pessoas julgam pela sua aparência aterrorizadora. Em sua homenagem, comente aquele livro que a princípio você julgou mal pela capa, mas ao ler você acabou gostando da história.

Vamos combinar que essa capa de Incidente em Antares é bem sem graça, né? E como se não bastasse isso, fui "obrigada" a ler no colégio, o que também não ajuda a tornar a leitura algo muito animador. Literatura nacional, Érico Verissimo, 496 páginas. Na minha cabeça, tinha tudo pra ser ruim, mas eu sempre tentava dar uma chance para os livros que meu professor de Literatura cobrava, porque às vezes acabava gostando, e não é que esse livro foi um desses? É a história de terror mais maluca de todas! Cadáveres saindo de suas tumbas, só pra dar uma prévia. Eu morava com meus avós na época do colégio, e lembro de ter contado pro meu vô sobre esse livro enquanto estava lendo, e ele lembrou de ter lido também na época de colégio, de tão marcante que é a história. Acho que eu daqui 50 anos ainda não vou ter esquecido.

6°. Livro Zombie: O Zombie é aquele personagem clássico que não dorme. Qual foi o livro que te fez ficar acordada a noite toda sem conseguir parar de ler?

Lembro de ter passado várias noites em claro até terminar de ler a saga Crepúsculo. Pra que dormir? Eu realmente mergulhei de cabeça nessa história. Apenas queria mais do que tudo ser uma vampira, e não precisar dormir era uma das grandes vantagens nisso, dentre outras. Além disso, me apaixonei perdidamente pelo Edward. 




7°. Livro Gato Preto: Essa é aquela lenda que você não sabe se acredita ou não e acaba ficando confuso. Sendo assim, fale daquele livro que te deixou confuso, sem saber muito bem como reagir a ele.

Até hoje não sei se amei ou odiei A Hospedeira. Li por ser da mesma autora de Crepúsculo, série que eu adorei, mas a proposta desse livro é totalmente diferente. Ficção científica futurista ou lunática. É um enredo bizarro, e não sei se de um jeito bom ou ruim. Não sei mesmo. 





8°. Livro Fogueira: A fogueira foi a causa das mortes injustas de muitas “bruxas”, assim como um símbolo presente em várias narrativas de horror. Conte sobre aquele livro que acendeu uma chama interior e te deixou pegando fogo de tanta raiva.

Eu definitivamente detestei A Cabana. Criei muita expectativa e no final das contas não entendi como tanta gente gostou, minha vó gostou. Tem umas passagens bonitas, mas o livro não fez o menor sentido pra mim, achei o enredo sem pé nem cabeça, apenas. Sabe aquele autor que vai contando uma história mais mirabolante que a outra, você se esforça pra ler até o final, achando que vai encontrar uma boa explicação pra tudo com um belo desfecho, e acaba que tudo não passou de um sonho, ou algo do tipo, simplesmente deixa tudo no ar? Sim, passei raiva e vontade de tacar fogo. 

9°. Livro Cavaleiro Sem Cabeça: Diz a lenda que o Cavaleiro que assombrava Sleepy Hollow perdeu a cabeça durante a Guerra da Independência dos EUA. Porém aqui o que faz perder qualquer parte do corpo são os livros, por isso, conte-nos sobre aquele livro que te fez perder a cabeça, ou seja, a compostura.

Misto quente. Esse é um livro que eu estou terminando de ler, na verdade. Charles Bukowski é genial e ao mesmo tempo completamente insano, me fez rir tanto quanto chorar. Simplesmente perplexa, em vários momentos eu não conseguia acreditar no que estava lendo. Ele te leva até as nuvens e então, sem aviso prévio, despenca em direção a uma fossa qualquer. É a simples história de terror da vida real, um verdadeiro tapa na cara.



10°. Livro Cemitério: O cemitério é um cenário clássico do Halloween e das narrativas de terror, ele é considerado um lugar terrivelmente calmo e silencioso, reservado para o sepultamento dos mortos. Para caracterizar o cemitério, cite aquele livro que você enterrou na sua estante, não terminou de ler ou nem mesmo começou, seja por ter esquecido ou por ter desanimado com a história.

Ih, tem vários... Vááários. Mas ainda pretendo ler todos.

12 comentários:

  1. OI Debora,
    Alguns dos livros que você falou eu não li, e acabei ficando com vontade de os ler. A Hospedeira, eu tinha começado a ler mas não me agradou, então desisti da leitura, mas um dia eu quero o ler.
    Beijos...
    Rain, Books & Coffee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana! Eu quase desisti dA Hospedeira também, não sei dizer se recomento ou não, mas posso falar que é diferente de tudo que eu já li. Beijos

      Excluir
  2. Olá, adorei a Tag, não conheço nenhum dos livros que vc mencionou, e também não estão na minha lista de leituras, mas quem sabe algum não desperta minha curiosidade...

    Super beeijoo'

    http://fernandaconversandosobretudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda! Sério?, nem Harry Potter ou Crepúsculo? Nós vivemos em mundos literários bem diferentes então. Espero ler suas respostas pra essa TAG também, estou curiosa com os livros que você vai escolher. Beijo!

      Excluir
  3. O Morro dos Ventos Uivantes é um dos livros que estão no meu coração!
    Eu adoroo o André Vianco, ainda não li Os Sete, mas queroo muito ler, sou apaixonada pela escrita desse autor!
    Eu acho que sou uma das poucas pessoas que não cresceram lendo Harry Potter, só fui começar a ler essa série por volta dos meus 15 anos e parei no terceiro livro, preciso terminar logo (já tenho todos, falta o tempo mesmo) kkkkk, gostei muito dos livros que li, acho o universo criado pela J.K maravilhoso!
    Fiquei muitooo curiosa com o livro do Érico Veríssimo, ganhei de presente mês passado a Coleção O tempo e o vento dele, vou começar a ler nas férias, amoo os livros do filho dele, logo, acho que vou gostar da escrita dele, precisooo do Incidente em Antares, amei a premissa dele!
    Toda série Twilight me deixou sem dormir, virava a noite lendo os livros, kkkkkkk o Jacob foi minha paixão de adolescência! Nunca quis ler A Hospedeira, a sinopse nunca me atraiu!
    Eu gostei muito de A Cabana, foi um livro que me tocou e emocionou muito, uma pena você não ter gostado, mas entendo o porquê!
    Nunca li nada de Charles Bukowski, tenho até vergonha disso, mas pretendo reverter esse quadro em breve! Kkkkkk
    Amei suas respostas!
    Beijinhos *-*
    http://diariodeumalivromaniaca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal... A história do Morro dos Ventos Uivantes é linda mesmo. Também gostei muito do André Vianco, um dia ainda leio Sétimo, a continuação de Os Sete. Na verdade, não sei qual seria minha impressão sobre Harry Potter se eu pegasse pra ler pela primeira vez agora, talvez boa parte da magia tenha sido fruto da minha mente fértil de criança. Assisti o filme do Tempo e o Vento e me apaixonei, quero ler também. Já eu era team Edward ♥ hahaha! Sobre o Bukowski, comecei por Misto Quente, e acho que foi um bom começo, pois dizem que quem não leu Misto Quente não leu Bukowski. Beijão!

      Excluir
  4. Ai, tentei ler O Morro dos Ventos Uivantes esse ano e não consegui, acabei abandonando, não consegui gostar de nenhum personagem e apesar da escrita ser boa a estória não me convenceu :(.
    Só li os dois primeiros livros de HP e amei, mas ainda prefiro os livros "adultos" da J.K. <3
    Aaaah, eu adorei A Cabana, foi um livro que mexeu e mexe muito comigo.
    ADORO as crônicas e poemas do Bukowski, ele é simplesmente perfeito.

    Também estou participando do projeto :)
    Beijão
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Morro dos Ventos Uivantes é meio chatinho de ler mesmo, mas com um esforcinho, consegui terminar. Da J.K. o único que não li ainda é O Chamado do Cuco, mas tudo que essa mulher escrever eu vou ler. Não sei, sobre A Cabana acho que o problema deve ser eu, e não o livro hahaha. Bukowski é muito bom! Beijão!

      Excluir
  5. Incrível como A Cabana divide opiniões! Acho que nunca vou ler esse livro porque cada lugar que olho...ou a pessoa odeia ou ama! Nossa eu acho que ele é record de livro que tem opiniões totalmente diferentes... O morro dos ventos uivantes eu li obrigada na escola na sexta série... me pergunta se eu lembro alguma coisa? hahahaha nope!
    Vc já leu Jane Eyre da mesma autora? tenho um "siricutico" pra ler, mas não sei se a escrita vai agradar =(

    Beijão eu adorei conhecer livros novos! A maior parte não li!
    Karina

    www.livrofagia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois leia, pode ser que você também odeie, da mesma forma que existe a chance de você amar! Pois é, por isso que sou contra isso de literatura obrigatória. Só li esse livro da autora mesmo, nunca tinha ouvido falar nesse outro. Beijos, Karina!

      Excluir
  6. Eu tenho muita curiosidade sobre O Morro Dos Ventos Uivantes, justamente por ser um clássico, pois eu não costumo ler livros desse tipo. Também mergulhei de cabeça em Crepúsculo, foi o primeiro livro relativamente grande que eu li e simplesmente adorei. Tenho vontade de ler A Hospedeira, mas acho a história um tanto confusa, não sei. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho legal incluir uns clássicos nas leituras de vez em quando, a escrita é completamente diferente, os cenários, as personagens... Sem contar que tem que ter algum motivo maior pra ter se tornado um clássico! Li a saga Crepúsculo num piscar de olhos também. E também não sei o que dizer sobre a Hospedeira. Beijos :)

      Excluir